• Richard Martan Ferrari

Wide receiver Marcus Barbosa é novo jogador do T-Rex.



O T-Rex Futebol Americano segue reforçando seu elenco visando a temporada 2022. Um dos novos atletas que chegam para o ano no Vale da Morte é o wide receiver Marcus Vinícius Barbosa dos Santos, o Marcola. O atleta chega do estado de São Paulo para ser o décimo primeiro reforço anunciado oficialmente pela equipe jurássica.


O jovem foi um dos participantes do Rexperience, fim de semana de treinos abertos do T-Rex para atletas com experiência. Ele recebeu o convite para integrar o elenco timboense após seu desempenho no fim de semana de atividades, onde todos os atletas participantes eram orientados e, ao mesmo tempo, observados pela comissão técnica do time.


Com apenas 21 anos, o atleta irá completar em 2022 sete anos de experiência dentro da bola oval, entre experiências no flag football e no futebol americano. “Meu primeiro contato com o esporte foi por um amigo que jogava em 2016 e me disse que tinha um time do Palmeiras de futebol americano e que teria uma seletiva. Não sabia nada de regras e como funcionava, mas fui participar e, desde então, cada dia me apaixono mais por este esporte” - explicou.


O jogador fez parte do elenco do Palmeiras Locomotives de 2016 até o momento. Neste período, ele também somou convocações para a Seleção Paulista de Futebol Americano e de Flag Football. Com o time palmeirense, o atleta conquistou a medalha de bronze no Austral Bowl 2018, disputado no Chile, campeonato de flag football que reuniu equipes do México, Chile, Peru e Venezuela.


Segundo o wide receiver, a decisão de defender o T-Rex em 2022 não foi difícil de ser tomada, mesmo levando em conta o cenário da pandemia que ainda segue influenciando em nosso dia-a-dia. “Todo jogador que joga a modalidade no Brasil já ouviu falar do Rex, já viu como ele se mostra muito técnico, físico e dominante dentro de campo. O fato de estarmos em uma pandemia não muda o fato da minha mudança. Quando recebi o convite para vir, na hora eu já queria sair de São Paulo e chegar em Timbó para vivenciar o que é ser um Rex”.


Marcus chega ao Rex buscando aprender a cada dia de treino e jogo no Complexo Esportivo de Timbó. “O Rex é uma tremenda escola, acredito que muito pela seriedade que vive o futebol americano. Espero que o período no time me ajude muito no processo de crescimento, tanto como atleta como pessoa” - destacou.

185 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo